domingo, 15 de março de 2020

Leitura Superficial



Nessa leitura você vai saber das idéias principais do autor. 

No entanto, após algumas páginas você descobre que a obra é complexa, que não está entendendo como deveria. Esbarra em algumas palavras ou frases obscuras, tenta decifrá-las e descobre que a leitura se torna uma angústia. Os leitores de primeira viagem se identificam com essa situação. 

Leia sem se angustiar pelos pontos obscuros, pelas notas de rodapé herméticas, pelos neologismos mal-explicados e as referências exóticas. A leitura "superficial" no sentido positivo, serve para nos familiarizar com a obra em todos os seus aspectos: idéias centrais, estilo, vocabulário etc. Ela vai identificar os pontos mais ou menos difíceis, vai sinalizar o tipo de ajuda de que talvez possamos precisar. Enfim, nos preparar para a segunda leitura e o alargamento da compreensão.

Procurar no dicionário qualquer termo obscuro, ou pesquisar sobre algum tema desconhecido que surja no texto deve ser feito no momento certo, sem interromper a leitura superficial. Especialmente porque esses detalhes geram uma angústia que tornam a leitura uma atividade penosa.